segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Funerais, Férias, EA e as "facadinhas" na dieta...

Fui passar uma semana a Viseu... estava mesmo a precisar. Sentia-me muito cansada, deprimida e a ida a Trás-os-Montes, para o funeral da minha avó, só veio piorar o meu estado.

Trás-os-Montes e a eterna tentação do famoso Trigo de Favaios (o meu pão favorito desde criança). Viseu e a comidinha da sogra (que é uma querida). Sol, muito calor... e gelados...

Está tudo dito, não???

Pois... está.

Desde dia 10 de Agosto até ontem. Vinte e cinco longos dias de dores insuportáveis que não acabavam, noites sem dormir... muitas bisnagas de Biofreeze para acalmar a dor, aparelhos estranhos ligados ao corpo todo [invenções do Toni]...

Creepy...

Tudo de novo. Tudo com era antes da dieta. E... não vale a pena. Não vale a pena,mesmo. Não há prazer que justifique tanta dor. Penso que aprendi a minha lição (pelo menos, pão... eu não vou voltar a comer)...

Ontem, 25 dias após terem começado as dores - por causa do famoso Trigo de Favaios que é, simplesmente, delicioso barrado com manteiga mal saído do forno aliado aos dois gelados que comi em Viseu - tive o meu primeiro dia sem dores.

Finalmente...

7 comentários:

Miguel disse...

O que são esses aparelhos todos e para que servem? Para tirar a dor? E funcionam? Fiquei curioso!

Bj.

Rita disse...

E ainda continuas a querer as tais bombocas?

:)

xoxo

Marta disse...

Para que são essas máquinas esquisitas? São para a ea? Ou tiram as dores?

Amélia disse...

Esses aparelhos são os famosos aparelhos do teu marido que te ajudaram no início da tua dieta, não são? Onde é que ele os foi descobrir? Estão à venda onde?

Bj.

Páscoa disse...

DORES!!!Do corpo da alma. Tanta dor...às vezes( naqueles dias, a amiga sabe!) pergunto:
Porque não havia no céu uma estrelinha brilhando quando nasci e... aquela lágrima marota aparece brilhando e o silêncio, só o silêncio acalma a minha mágoa.
Mas querida amiga, depois vem outro dia, o Sol brilha e esquecemos as estrelas.

Um beijinho e até...

Paula disse...

A vida é assim... um dia estamos bem e no outro estamos cheios de coisas estranhas coladas (???) nas costas. O que interessa, no meio disto tudo, é que estás sempre a sorrir, do nosso lado, sempre que precisamos. E tu sabes que estamos sempre do teu lado sempre que precisares :)

Linda!

Susana Lopes disse...

Obrigada, Paula e Páscoa pelo apoio!

Marta, Miguel e Amélia: coisas do Toni, que lhes posso dizer? O que importam é que funcionam! Ajudam em muito na dor! Não sei onde se compram... é o Toni que descobre. Está sempre em pesquisas... ele tem sido o meu porto de abrigo, não sei o que seria sem ele...

Rita: Sim... bombocas... sim...

:)