sexta-feira, 11 de abril de 2008

The IBS Low-Starch Diet: o Livro da Dieta sem Amido


Quando descobri que existia uma dieta que ajudava no tratamento da EA, resolvi adquiri-lo. Não sei se está à venda em alguma livraria em Portugal, pois comprei-o on-line.

Este livro está escrito num inglês bastante acessível, pelo que é de fácil leitura, para quem domina o básico da língua inglesa.

No The IBS Low-Starch Diet, a autora – Carol Sinclair – começa com um prefácio onde explica como é que descobriu que tinha Esponsilite Anquilosante. Carol começou por fazer a dieta sem amido porque tinha Síndrome do Intestino Irritável. Apesar dos seus médicos terem sido sempre contra esta dieta, nunca deixou de a fazer.

Quando editou o seu primeiro livro de receitas, Carol Sinclair recebeu uma carta de um doente com EA, que lhe perguntou se por acaso ela não teria Espondilite Anquilosante, visto que aquela dieta estava indicada para o tratamento da mesma.

O autor da carta (George McCaffery), conta-lhe que é paciente do Dr. Alan Ebringer – o médico que descobriu a relação amido\ EA – e descreve-lhe os sintomas desta doença. Comenta, ainda, que a dieta que Carol especificou no livro, é a dieta que está a fazer, sob a orientação do seu médico.

George McCaffery explica-lhe que a EA é uma doença debilitante, bastante dolorosa, que era desencadeada por uma bactéria chamada Klebsiella Pulmonae. Esta encontrava-se no cólon e alimentava-se de amido.

O seu medico tinha-lhe prescrito uma dieta isenta de amido e, desde que começou a fazer esta dieta, George McCaffery melhorou dramaticamente.

Carol, seguindo o conselho do Dr. Alan Ebringer, faz os exames médicos necessários e descobre que, afinal, as dores que sempre sentiu – para as quais os médicos não encontravam qualquer resposta – e que o Síndrome do Intestino Irritável, do qual padecia há décadas, eram somente sintomas de uma doença com o nome de Espondilite Anquilosante.

Neste livro encontramos, ainda, a definição de amido, onde encontrá-lo, como reconhecê-lo... como evitá-lo.

Eu gostei bastante de um pormenor deste livro: Carol mostra como o amido tem vindo a piorar a saúde de várias civilizações, ao longo dos tempos. Mostra, também, como é que o mito do "pequeno-almoço com fibras" começou.

Um dos títulos deste livro que eu gostei de ler: "Porque é que nenhum outro médico me falou disto?". Creio que esta pergunta põe em evidência a recusa dos médicos quando nós falamos desta dieta.

The IBS Low-Starch Diet termina com uma série de receitas sem amido. Algumas são bastante interessantes.

Creio que este livro - reconhecido pelo médico que descobriu a relação amido \ espondilite anquilosante,Dr. Alan Ebringer - é uma boa "ferramenta" para quem quer fazer esta dieta. Esclareceu-me bastante, aprendi muito e apercebi-me que esta dieta é algo mais sério do que eu pensava… cientificamente comprovada, só poderia ser realmente uma bos resposta à EA.

Porque é que ninguém fala da dieta sem amido?

Quando o Dr. Alan Ebringer começou a divulgar os resultados da sua investigação, os fundos monetários para a continuação da sua pesquisa, foram-lhe retirados. Chamam-lhe o “médico que incomoda”.

Quem é que este médico incomoda? Como é que uma descoberta como esta - que tantas pessoas já comprovaram a sua eficácia (aliás, eu sou uma delas!) - pode incomodar alguém? A OMS deveria ser a primeira a celebrar uma descorta como esta. Mas, infelizmente, o dinheiro fala mais alto...

Resta-nos a nós, doentes com Espondilite Anquilosante, divulgar... gritar bem alto, com a esperança que a nossa voz chegue a alguém que esteja a sofrer, para que esse alguém tenha a mesma oportunidade de lutar e vencer a EA como eu e muitos outros doentes conseguiram.

1 comentário:

Eloí disse...

Achei ótimas as informações postadas em seu blogue. O livro que você fala tem tradução para o português? Gostaria de adquiri-lo.
O assunto me interessou vivamente.
Obrigada.
Eloí