terça-feira, 12 de maio de 2009

A Cura


Cris, no seu blog deixa seis pequenas perguntas e convida-nos a reflectir sobre elas...

Em que consiste a cura?

Para quê a cura?

Para quem?

Estamos prontos?

O que ganhamos?

O que perdemos?...


Pouco depois de me ter sido diagnosticada EA, foi diagnosticada, ainda, uma outra doença, a Fibromialgia. Tenho uma série de livros que falam sobre o assunto mas, um deles - Libérese de La Fibromialgia, pela Dra. Nancy Selfridge, destingue-se de todos os outros.

É um livro muito interessante pois convida-nos a fazer uma série de exercícios, que nos fazem pensar... devo confessar que, ao fazer determinados exercícios propostos pela autora, senti-me muito desconfortável. Muitos, até, fizeram-me chorar e... digo-vos: fez-me muito bem!

Às vezes, guardamos - lá no fundo do nosso coração, das nossas memórias - momentos da nossa vida que precisam de ser resolvidos... e, falo por mim, claro, apesar de difíceis, temos que as resolver. Não falar num determinado assunto, não faz com que ele desapareça. Pelo contrário. Vive em nós, deixa-nos fracas...

E o que é a doença senão um parasita? Aproveita-se da nossa fraqueza para crescer e vencer...

Cabe a nós decidir se é isso que queremos, porque é difícil lembrar, pensar, falar... ou se o que queremos é, na realidade, Viver...

Por ter passado por todas estas questões, considerei interessante deixá-las aqui. São questões que incómodas... mas que devem ser colocadas.

Sem comentários: