domingo, 18 de Janeiro de 2009

A Espondilite Anquilosante, a Doença de Cronh e a Alimentação


O meu marido teve Colite Ulcerosa durante anos - mais de dez. A doença atingiu um grau de tal forma avançado que ele teve que desistir do trabalho, da vida social... ficou em casa durante quase uma década. Tinha hemorragias constantes, anemia crónica…

Quando eu o conheci, contou-me que estava curado dessa doença. Depois de muita pesquisa, ele encontrou a Dra. Elaine Gottschall e o seu livro Breaking the Vicious Cycle.

Elaine Gottschall tinha uma filha com a Doença de Cronh e dedicou a sua vida à procura de uma cura. Depois de muita investigação, descobriu que a resposta estava numa simples dieta: a Dieta de Hidratos de Carbono Específicos – uma tradução meio ...

Os Hidratos de Carbono permitidos, neste regime alimentar, são os Monossacarídeos. Estes têm uma única molécula e essa estrutura permite-lhes ser facilmente absorvidos pela parede do intestino.

Os Hidratos de Carbono complexos - os Dissacarídeos (duas moléculas) e os Polissacarídeos (moléculas em cadeia) não são permitidos neste regime alimentar, porque não sendo facilmente digeridos, permanecem mais tempo no intestino.

Como sabe, existem muitas bactérias no intestino. Umas são inofensivas, outras são até benéficas… contudo, existem bactérias que são responsáveis por inúmeras doenças. Ora, estas bactérias alimentam-se destes Hidratos de Carbono que se encontram no nosso intestino. Com todo esse ambiente favorável, as bactérias crescem e reproduzem-se livremente. No meio de todo esse processo, dá-se a inflamação do intestino.

A dieta funciona porque retira o alimento necessário ao crescimento dessas bactérias, que acabam por "morrer à fome". Este regime alimentar permite, ainda, restabelecer o equilíbrio das bactérias benéficas no nosso intestino.

Mais informação Aqui!

Este regime alimentar tem sido estudado ao longo de mais de 50 anos por esta Bioquimica - a Dra. Elaine Gottschall - e outros profissionais da área. E têm tido resultados fantásticos: cerca de 75% das pessoas que optaram por este regime alimentar conseguiram obter melhorias significativas ou mesmo vencer variadíssimas doenças desde a Doença de Cronh, Colite Ulcerosa (Intestino Irritável), Doença Celíaca, Fibrose Cística, Diverticulite (inflamação dos divertículos presentes no intestino grosso) e Diarréia Crónica.

Foi por ter lido lido isto que eu resolvi pesquisar... e acabei encontrando! A resposta para a Espondilite estava, também, numa simples dieta!

Na EA, o problema agrava-se com o facto destas bactérias terem a faculdade do Mimetismo Molecular, ou seja, a Klebsiella Pulmonae tem a capacidade de "imitar" a estrutura molecular de certas células do nosso organismo. Os anti-corpos, além de atacarem as bactérias, acabam por atacar, também, essas células. O resultado: inflamação, a dor... a anquilose.

Este regime alimentar, ao "retirar" o alimento destas bactérias, vai resultar numa melhoria significativa, uma vez que a inflamação vai diminuindo, até desaparecer por completo.

Isso já aconteceu comigo e com muitos outros doentes com EA, pelo mundo fora!

1 comentário:

Anónimo disse...

Oi Susana lopes eu tbm tenho essa terrivel doença espondilite anquilosante e gostaria que vc me ajudasse me passando a receita dessa dieta sem amido,eu estou desesperado as dores são muito grande os remédios já ñ fazem tanto efeito,nem saio de casa por causa das dores,eu gostaria que vc me ajudasse pq ñ tenho mais para quem recorrer meu imail é merds231@hotmsil.com,um abraço.

 

Made by Lena